Como usar o Google Alerts para acompanhar a presença digital de sua marca

O Google Alerts é uma ferramenta gratuita do Google que permite o monitoramento de um termo específico na internet.

Através de uma interface simples, o recurso possibilita que qualquer usuário que possua conta associada aos serviços Google ou Gmail monitore um assunto, marca e até mesmo o próprio nome. Dessa forma, cada vez que um site citar o termo definido, uma notificação será enviada (de acordo com a frequência configurada).

O Google Alerts está disponível desde 2003 e com ele é possível definir, para cada termo monitorado, as fontes, o formato de conteúdo em que a palavra-chave foi inserida,  como e quando serão enviadas as notificações.

A ferramenta é ilimitada e gratuita, funcionando como grande aliada nas estratégias de marketing digital e no estudo de oportunidades de mercado.

Como criar um alerta

O primeiro passo para criar um alerta é acessar a página da plataforma. Para isso é necessário possuir um e-mail associado aos serviços Google ou uma conta Gmail.

Por padrão, o Google Alerts define o próprio usuário como termo inicial além de também sugerir diversos outros a partir de diferentes categorias.

Após abrir a página principal, basta preencher a barra de pesquisa para definir o termo a ser monitorado. Mas para isso, é preciso estar logado. Em nosso exemplo, buscaremos por “Capital Informação”.

Caso a palavra já possua resultados relacionados, o Google Alerts irá listá-los, assim como ocorre em uma pesquisa tradicional. Mas, para confirmar o desejo em receber as novidades sobre o tema, será necessário clicar em “Criar Alerta”

Antes de definir o alerta é recomendável acessar ao link “Mostrar Opções” para personalizar a experiência com os resultados.

Com isso será possível definir:

  • A frequência de notificações.
  • As fontes de conteúdo.
  • O idioma.
  • A Região (excelente para conteúdos de nicho e personas específicas).
  • Quantos resultados serão recebidos.

Se as configurações não forem personalizadas, por padrão, todos receberão resultados no próprio e-mail cadastrado, a partir de qualquer fonte, e com frequência diária (uma única vez).

Por fim, depois de configurar, basta clicar em “criar alerta” e esperar pelo conteúdo dentro do prazo definido.

Algumas possibilidades na utilização:

  • acompanhar assuntos que possam inspirar conteúdo;
  • acompanhar personalidades e autoridades de nicho;
  • encontrar possíveis oportunidades de networking e negócios;
  • encontrar clippings envolvendo nomes e marcas.

Com o Google Alerts é possível acompanhar seus temas favoritos e controlar a presença de sua empresa na internet de maneira gratuita e eficaz.