Comunicação nobreak

O nobreak, essa caixa pesada que fica perto do servidor e te dá algum tempo salvar os arquivos quando a luz acaba, ele mesmo. A comunicação por muitas vezes lembra um nobreak, principalmente quando as ideias acabam e ou quando chega a temida crise.

Uma agência de assessoria de imprensa não pode deixar que seu cliente pare o ritmo de comunicação regular com as mídias e relacionamento com jornalistas. Mesmo quando as ideias acabam. O bom assessor sempre tem cartas na manga para não parar o trabalho que precisa seguir de forma contínua.

Na crise, o assessor precisa agir imediatamente. Não é algo que podemos deixar para amanhã ou nem mesmo para depois do almoço. Crise é agora, reação imediata, com um comitê preparado previamente e pronto para responder.

Como funciona?

Nos dois cenários o assessor de imprensa só irá funcionar como um nobreak se for tratado como um. O dispositivo armazena energia em uma bateria interna que dá autonomia para que os sistemas funcionem até que um desligamento menos urgente possa ser feito. Pois o assessor também é assim.

O time da sua agência de relações públicas deve ter uma boa imersão e dominar os assuntos da sua empresa como se fosse um próprio porta-voz, as ações em períodos de calmaria de lançamento de produtos, pesquisas ou mesmo ações de contenção de crise, são iniciadas com muito mais assertividade, imediatamente.

O atendimento “enformado” e de linha de produção não funciona. Cabe, principalmente ao atendimento, entender até o último parafuso da solução do cliente (ou até o último byte em tempos “Tudo as a Service”), as linhas de comunicação e mais do que tudo a cultura da empresa que atende. Os clientes são mais formais, são descolados ou são as startups que pedem para todo mundo usar terno? Por mais estranho que possam parecer, assim são e precisam falar com a imprensa.

Parceria assessor/assessorado

Para ajudar seu parceiro, e o seu PR não pode ser menos do que isso, sempre que puder compartilhe com ele seus planos, estratégias, onde quer chegar e por que quer falar sobre determinado tema. Outro ponto importante, coloque seu atendimento para falar com todos dentro da sua empresa, do presidente ao office boy, passando pelo RH e o time técnico. O atendimento precisa fazer parte do seu time, vender como seu time vende, porém ele irá vender informação, conteúdo e será a sua primeira palavra com os jornalistas, pois quem apresenta sua empresa para uma mídia é o seu assessor de imprensa.

Existem muitas empresas que são especializadas em determinados temas: celebridades, cultura, bancos e aquelas como nós, TI. Tecnologia B2B não é um assunto fácil. Veja, pergunte para uma pessoa na rua qual a solução que o Outback usa para que que os pedidos não parem no sistema, ou como RioGaleão organiza suas equipes, como a carne da BRF chega no supermercado, ou ainda, o que é SaaS/PaaS/IaaS, TETRA, P25 e VDI, o que o CGNAT fez para o IPv4 ou como um NGFW salvou a empresa de um ataque.

É bom testar o seu PR, assim como testamos a bateria de um nobreak. Se ele não estiver preparado para uma “falta de luz”, marque uma reunião o mais rápido possível e converse, mas converse muito com ele até que vocês dois estejam na mesma sintonia. Afinal a crise vem quando e onde a gente menos espera.

Se seu assessor não for “nobreak”, fala com a gente! http://capitalinformacao.com.br/