Cooperação entre firmas é uma forma de expandir os negócios

A exemplo dos blocos econômicos, que têm por finalidade aumentar o poder político e econômico de um conglomerado de países com a troca de benefícios mútuos e maior interação entre si, as empresas de atividades complementares ou do mesmo setor também vem trazendo a experiência global para aumentar seu poder de negociação com fornecedores e clientes, melhorar a troca experiências e ampliar sua atuação.

Formar redes de empresas pode gerar diferenciais para aumentar os negócios. Há vários tipos de cooperação entre firmas, como redes de subcontratação, cooperativas e associações. Elas podem envolver também empresas de grande porte, como no caso de franquias, e até companhias concorrentes, que em determinados segmentos se complementam, como as empresas de tecnologia. E com a comunicação não é diferente.

Em busca de uma parceria

Um passo importante para fazer parte de uma rede global é buscar parceiros com características comuns e assim coletar os diversos benefícios de uma união.  Os critérios de seleção podem ser pelo porte da empresa, ramo de atividade, tipo de cliente, tipo de mercado ou atividades complementares.

Foi assim que a Capital Informação se uniu à rede Plexus há quatro anos. Procurada por um dos membros que buscava uma agência boutique no Brasil de pequeno ou médio porte, nossa empresa uniu-se ao coletivo global de especialistas em relações públicas e comunicação digital.

Mas porque uma empresa de grande porte contrata os serviços de uma rede e não de uma agência global?

A primeira razão recai no custo. As agências globais têm mais desafios econômicos para se manter, dificuldades para manter a consistência da comunicação para poder atender às diretrizes da matriz e dificilmente possui entendimento cultural sobre outros países de uma forma centralizada.

As agências parceiras surgem com uma solução abrangente para estas questões, pois elas podem trabalhar formalmente em diversos países, com preços acessíveis e colaborar entre si com as melhores práticas, porém adaptadas culturalmente ao mercado de atuação. Esta unidade raramente é encontrada em empresas de comunicação globais.

Portanto, os clientes Plexus se beneficiam de soluções de comunicação personalizadas apoiadas tanto por estratégias globais quanto locais. Presente em 45 países, contando com 340 profissionais e 18 anos de experiência, a rede está pronta para servir sua empresa de forma globalizada sem perder o toque local.